Transformação Digital

A transformação digital é a aplicação das tecnologias digitais a todos os aspectos da sociedade. E no mundo corporativo as empresas digitais são líderes dos seus segmentos.

Estas empresas apresentam algumas características, tais como fornecer maior valor de negócio para os seus clientes, melhorar as suas operações com as tecnologias digitais e estruturar times de alta performance.

A Transformação Digital Requer a Transformação Ágil

Realizar a transformação digital é muito mais que adotar plataformas tecnológicas. Ela começa com a formação de times engajados e performáticos.

Nesse contexto, as práticas lean e ágeis são importantes ferramentas de transformação humana para o estabelecimento de times de alta performance. A nossa experiência na implantação de métodos ágeis no setor de serviços e na indústria acumulada ao longo de quase uma década de trabalho anos revela que times ágeis entregam valor com muito mais velocidade, possuem taxas de defeitos reduzidas e trabalham com felicidade muito maior.

Acreditamos no valor dos princípios lean e práticas ágeis por vários motivos.

  • Primeiro, porque eles funcionam. Nos já transformamos times nos setores bancários, saúde, governo, indústria, dentro outros, assim como empresas de TI.
  • Segundo, porque elas são centradas em pessoas e interações entre pesssoas. Elas respeitam a natureza humana e a diversidade cultura das relações humanas.
  • Terceiro porque elas são ecológicas, i.e., buscam a simplicidade e eliminam todo e qualquer atividade que não agregue valor.
  • E, finalmente, porque elas trazem resultados econômicos concretos. Dados da indústria mostram que times ágeis entregam de 2 a 4 vezes mais software funcionando que times tradicionais.
  • A Transformação Digital Requer que a TI seja a Tecnologia de Negócio da Sua Organização

    As áreas tradicionais de Tecnologia de Informação, que demoram meses ou anos para entregar projetos, que mantém estruturas gerenciais burocráticas e que se posicionam como uma área distinta da organização estão fadadas ao fracasso. E esse fracasso pode também afundar a própria empresa.

    Nas empresas digitais, a TI é o próprio negócio. E para isso a visão da área de tecnologia de informação deve ser radicalmente diferente. Isto envolve:

  • Operar com ciclos curtos de entrega de valor. Para isso ela deve usar práticas ágeis provadas como o método Kanban para gestão de demandas, Scrum para projetos ou o método LESS para plataformas de produtos.
  • Reduzir a fricção entre as áreas de desenvolvimento, qualidade e operações. Para isso ela deve implementar uma cultura DevOps que busca a aproximação de áreas e o enlace tecnológico que promove a entrega contínua de valor.
  • Adotar plataformas digitais apropriadas ao seu contexto. Para isso ela deve incorporar práticas de arquitetura de negócio, software, dados e infraestrutura leves, pragméticas e que sejam conectadas ao núcleo de negócio.

    E, você, já inicou a jornada ágil e digital na sua organização?
    Estamos prontos para ajudá-lo e para isso desenvolvemos uma oferta de serviços leves e rápidos para potencializar os seus resultados de negócio.