By Equipe de Redação On quarta-feira, setembro 30 th, 2015 · no Comments · In

As metodologias que permitem aumentar a agilidade dos processos são uma ferramenta crucial para suprir a necessidade, cada vez maior, de respostas rápidas a mudanças de cenário na economia ou no mercado onde atua a empresa. A redução de custos, aumento da produtividade, melhora da qualidade dos produtos e serviços e, consequentemente, a elevação do ROI (Return On Investiment), configuram os benefícios possíveis de se alcançar com uma metodologia ágil. No entanto, é preciso cuidado na sua implantação para não transformar a solução em um desafio ainda maior.

Ansiosos pelos benefícios proporcionados na agilidade dos métodos e processos, muitos gestores mergulham de cabeça na implantação de uma metodologia que consideram mais ideal para o seu tipo de negócio. O problema é que, essa pressa, pode levar a uma implantação inadequada por meio de uma interpretação equivocada dos métodos utilizados gerando prejuízos como atrasos na entrega, baixa qualidade do produto ou serviço acabado, má utilização dos recursos e ainda colocar em cheque a imagem da empresa.

Para impedir que esses erros ocorram na implantação de uma metodologia ágil na sua empresa, desenvolvemos esse post para mostrar os erros mais comuns e ajudar você a evitá-los. Vem conhecer!

1. Falta de clareza dos objetivos propostos com a metodologia escolhida

Antes mesmo da escolha da metodologia a ser implantada é muito importante que seja definido o que se pretende atingir com ela. Seja para a otimização dos processos, seja para incorporar uma inovação na empresa, os objetivos precisam ser apresentados de forma clara para que todos possam compreender e se empenhar na busca. Não declarar esses objetivos deixará a equipe trabalhando no escuro, sem uma direção a ser tomada e poderá contribuir para o insucesso da implantação. Dessa forma, as melhorias podem não acontecer.

2. Baixo envolvimento da equipe de trabalho com a metodologia adotada

Implantar uma metodologia ágil vai implicar em mudanças dos métodos de trabalho e, geralmente, a resistência a mudanças atrasa o alcance dos resultados esperados. Por isso, é extremamente importante que toda a equipe esteja a par dos objetivos e metas pretendidas, além do completo envolvimento com os novos métodos. Um erro muito comum é não compartilhar com os integrantes do grupo que formam a sua força de trabalho a importância da metodologia para a empresa e o que ela possibilitará ao negócio e para eles. Isso impede uma visão que gere a compreensão do real valor que a metodologia possui.

3. Ausência de apoio da alta gestão da empresa

Colaboradores tendem a dar valor e seguir aquilo que a direção apoia e determina. Dessa forma, se a alta gestão da empresa não se comprometer e se dedicar no projeto de implantação de uma nova metodologia de trabalho para a empresa, é possível que seus funcionários também não deem a devida importância. É muito comum os gestores deixarem a implantação de lado devido a outros compromissos mais urgentes, mas esse problema pode ser resolvido com algumas técnicas de administração do tempo e a delegação de tarefas. Assim poderá garantir uma implantação breve que gere resultados melhores de forma mais rápida.

4. Tentar adaptar a metodologia ao negócio e não o contrário

Um dos erros mais comuns na escolha e implantação de um método que proporcione agilidade aos processos é tentar adaptá-lo aos procedimentos já existentes na empresa. Essa ação ocorre na tentativa de facilitar a sua implantação e, muitas vezes, leva a violação total ou parcial dos princípios fundamentais da metodologia contribuindo para a perda da sua identidade e efetividade. A metodologia dever ser respeitada devido a sua eficiência comprovada e a empresa é que deve moldar os seus processos a ela para garantir a melhoria.

5. Ignorar os interesses e/ou restrições solicitadas pelo gestor da organização

Existem muitas modalidades de metodologias ágeis e uma delas é perfeita para o seu negócio. No entanto, essa afirmação vai depender inteiramente das necessidades e interesses que os gestores pretendem suprir com elas, bem como as restrições que deverão ser respeitadas. A escolha da metodologia mais adequada deve ser estabelecida considerando os interesses para confrontar com as restrições impostas pela diretoria. Possivelmente, essas restrições têm relação com alguns pontos fortes e eficientes do negócio e a nova metodologia sugere mudanças. Então fique atento!

E você, o que faria para evitar esses erros e garantir o sucesso na implantação de uma metodologia ágil? Compartilhe conosco nos comentários!

Share

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *